Controlo de Qualidade e Revista de Tecidos


Uma solução para controlo de qualidade e revista de tecidos em ambiente industrial, tendo sido desenvolvida de forma a garantir uma completa adaptação aos diferentes requisitos dos cadernos de encargos de cada um dos clientes, quer ao nível do interface gráfico disponibilizado no posto de revista, quer ao nível do tratamento dos defeitos (tipos e pontuações) e classificação das peças de tecido.

Fiabilidade e redundância da solução é garantida através dos equipamentos e da estrutura estando preparados para não haver perda de informação no caso de anomalias ou falha ao nível da infraestrutura do cliente.

Utilização independente da mesa de revista, pode ser usada como base de recolha de uma revista manual.

Caracteristicas Gerais


  • Parametrizável, de fácil configuração e instalação.
  • Fiabilidade e elevada disponibilidade do sistema.
  • Ambiente gráfico inovador, configurável, intuito e potente.
  • Recolha em ecrã táctil, conteúdo parametrizado pelo cliente.
  • Teclas de recolha direta de defeitos.
  • Múltiplas séries de defeitos.
  • Atribuição de severidades a defeitos, alterando ou não a implícita.

  • Posicionamento longitudinal dos defeitos.
  • Defeitos pontuais e contínuos.
  • Múltiplos defeitos à largura, na mesma posição longitudinal.
  • Recolha de largura do tecido ao longo de toda a peça.
  • Alterar/eliminar defeitos introduzidos.
  • Desencadear alertas à produção.
  • Integração com diferentes ERPs.

Mesa de Revista


A mesa de revista, enquanto posto de recolha de informação, encontra-se dotada de um ecrã táctil, com um interface intuitivo e potente, dinamicamente ajustado aos diferentes cenários de operação, garantindo ao operador um elevado rendimento e um dispêndio mínimo de tempo numa tarefa acessória da sua atividade principal.

As declarações de defeitos, a sua inserção longitudinal e transversal no filme de revista, a sua severidade, a relevância da sua origem e responsabilidade, o controlo de produtividade das mesas de revista, mediante a justificação da inatividade e quaisquer outras funções que se entendam justificáveis, são fácil e intuitivamente utilizáveis, com um esforço mínimo de aprendizagem.

Imagem1

Alertas


De entre as funções disponíveis, assume particular relevância o desencadeamento de alertas do operador de revista para a produção, sob a forma visual ou sonora, ou ainda através da edição da ficha da revista da peça em causa remotamente na impressora do responsável da produção, de forma a parar, tão cedo quanto possível, a produção de defeitos irreversíveis.


Imagem1

Ficha da Revista


Os detalhes das operações de revista, designadamente a incidência e a distribuição longitudinal e transversal dos defeitos ao longo das peças, expressos em metros e pontos, podem ser analisados numa forma numérica e gráfica, sendo ainda possível comparar os valores das peças com os valores acumulados das respetivas Ordens de Fabrico, para identificar eventuais desvios de qualidade.

Imagem1